Da última sexta-feira até o início da manhã de ontem, o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, registrou 77 atendimentos a vítimas de quedas. Há mais de um mês, estes casos lideram o ranking de ocorrências registradas na unidade, sempre seguidos pelas entradas provenientes de acidentes com motocicletas, que neste final de semana contabilizaram 52 pacientes. Segundo boletim do hospital, apesar dos números elevados, apenas uma média de 10% das vítimas de quedas permanecem internadas. Desde a sexta-feira, 18 de setembro, o hospital registrou mais de 70 casos de vítimas de queda, por final de semana. O maior índice aconteceu no feriadão do dia 12 de outubro, quando os números chegaram a 111. No último final de semana, o hospital totalizou 523 atendimentos, dos quais 247 foram encaminhados ao setor de emergência da unidade. Deste universo, cerca de 14% eram referentes aos casos de queda. De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, os registros desta natureza sempre foram altos. Contudo, por serem tratadas como casos corriqueiros, estas ocorrências não entravam nas estatísticas emitidas à imprensa. Segundo o cirurgião geral da unidade, Carlos Magalhães, a maioria dos casos é proveniente de acidentes domésticos e as principais vítimas são crianças, adultos – na faixa etária dos 30 anos – e idosos. “Este número é alto, pois engloba vários tipos de incidentes, como escorregões no banheiro ou quedas de bicicleta”, disse. Data: 20/10/2009 Seção: Cidades Veículo: Correio da Paraíba

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.