Médicos Sem Fronteiras (MSF) – Brasil inicia em 2006 o recrutamento de profissionais brasileiros para trabalharem em um de seus projetos em mais de 70 países do mundo. Se você tem interesse em trabalhar com MSF fora do Brasil, por favor leia com atenção esta página. A cada ano, mais de 3.000 profissionais, de mais de 40 nacionalidades, diversas faixas etárias e diferentes áreas, partem para trabalhar nos projetos de Médicos Sem Fronteiras. O que une este grupo tão diversificado é a motivação por trabalhar com populações em situação de risco, seja por conta de conflitos armados, catástrofes naturais, epidemias, fome ou outras ameaças graves à saúde. A carta dos Médicos Sem Fronteiras descreve os princípios que embasam a atuação da organização. MSF atua prioritariamente em situações de emergência humanitária, mas também realiza projetos de média ou longa duração que visam melhorar o acesso aos cuidados básicos de saúde, cuidar da saúde mental e diagnosticar e tratar doenças como o HIV/Aids e a malária. Além do atendimento médico, as ações de MSF na área de saúde englobam o combate à desnutrição, campanhas de vacinação, ações de saneamento básico, promoção da saúde e prevenção de doenças. Médicos Sem Fronteiras também busca divulgar as crises humanitárias e sensibilizar a opinião pública sobre as situações que presencia. Os profissionais que trabalham nos projetos de MSF são o canal de contato para esta divulgação. Esta é também uma parte essencial do trabalho na organização. Os projetos de MSF são sempre realizados por equipes, compostas por profissionais estrangeiros e nacionais e englobam sempre a área médica, a área administrativa/financeira e a área logística. Eles contam com uma coordenação local e uma coordenação no escritório de referência, que no caso dos brasileiros fica em Bruxelas (Bélgica). Caso queira saber mais sobre nossos projetos e os países onde atuamos, acesse www.msf.org.br/mundo, www.msf.org ou www.msf.be. Os profissionais que trabalham com MSF são contratados pela organização. Além do contrato, MSF fornece seguro de vida e seguro de saúde. Todas as despesas relacionadas ao trabalho são cobertas por MSF. Os aprovados na seleção são convidados a participar de um treinamento introdutório e em seguida entram num período de espera, que tem duração variável, até ser encontrado o posto de trabalho mais adequado para seu perfil. A duração-padrão de uma missão é de seis meses a um ano. O profissional não escolhe em que país irá trabalhar. O RECRUTAMENTO O processo de seleção consiste em análise de currículo, entrevistas, testes, e dinâmicas de grupo, e dura um dia inteiro. É periódico e responde às necessidades de recursos humanos de nossos projetos nos diferentes países. Quando um currículo é selecionado, o candidato é informado sobre o local e data da seleção. Os eventuais custos (transporte, acomodação, alimentação etc) para participar da seleção ficam a cargo do candidato. Os critérios gerais de seleção são os seguintes: – motivação pelo trabalho humanitário; – experiência profissional comprovada; – disponibilidade e vontade de trabalhar fora do Brasil, por pelo menos 6 meses; – ótimos conhecimentos em inglês e/ou em francês; – conhecimentos em informática; – flexibilidade, adaptabilidade, sociabilidade, facilidade e interesse por trabalhar em equipe; – capacidade de lidar com grande carga de trabalho e de trabalhar em condições por vezes difíceis; – estar em boas condições de saúde física e psíquica. Outros critérios desejáveis são os seguintes: – experiência de trabalho em regiões remotas e/ou com poucos recursos; – experiências de viagens pelo interior do Brasil e/ou por outros países em desenvolvimento; – conhecimento de outras línguas estrangeiras. Se você preenche estes critérios básicos, neste momento MSF está recrutando os seguintes profissionais brasileiros: – cirurgiões(as) – anestesiologistas – enfermeiros com especialização em obstetrícia – outros profissionais

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.