Principalmente nesta época do ano, as pessoas e povos tradicionais no interios do país possuem o típico costume de acender fogueiras e soltar fogos de artifícios. Esta atividade aumenta em 50% a incidência de pacientes com queimaduras nos hospitais de todo o Brasil. Acontece por ano no Brasil cerca de um milhão de acidentes com queimaduras, destes, em torno de 200 mil são notificados pelos hospitais e 10 mil se tornam vítimas. Das pessoas atendidas anualmente, 40% estão na faixa entre 3 a 12 anos de idade. O quadro torna-se ainda mais preocupante quando consideramos o desconhecimento da população em relação aos problemas envolvendo a queimadura e suas conseqüências. Precauções: Para não estragar a folia durante os festejos juninos e julinos, é essencial tomar alguns cuidados, principalmente com as crianças: * só devem ter contato com fogos leves e acompanhadas de pessoas adultas * mesmo os mais velhos precisam observar recomendações, como só soltar foguetes utilizando varas longas, não usar fogos em ambientes fechados e não apontá-los para pessoas ou janelas * muito cuidado também com as fogueiras e jamais realimente o fogo com álcool, pois a garrafa pode explodi * em caso de acidentes, a orientação dos especialistas é colocar a área atingida em água corrente até o alívio da dor, não usar nenhuma pomada ou substância sobre a lesão sem ouvir um médico e procurar imediatamente atendimento especializado. Dicas de Segurança – Fogos de Artifício e Balões Fogos de Artifício * não permita que seus filhos adquiram fogos de artifício * acidentes graves podem acontecer com crianças ou adultos que transportam e utilizam fogos de artifícios de forma irregular. * nunca transporte estes artefatos nos bolsos, pois, se eles se inflamarem, você certamente será atingido * o perigo dos fogos de artifício é indiscutível. Se uma bombinha explodir nas mãos de uma criança ou próximo de seus olhos, poderá causar mutilação ou cegueira. * deixar caixas de fósforos e/ou isqueiros ao alcance da crianças é uma imprudência. A atração que o fogo exerce sobre as crianças pode ter conseqüências extremamente danosas Balões Você sabia que de acordo com a nova Lei de Crimes Ambientais, Lei Nº 9.065, de fevereiro de 1998, não somente soltar balões agora é “crime”, como também fabricar, vender ou transportar. A pena prevista é de detenção de um a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente. Não solte balão. Ele pode causar muitos estragos, por isso é proibido. O balão pode cair aceso em florestas, residências e indústrias, produzindo grandes prejuízos patrimoniais, ameaça ao nosso meio ambiente e até mesmo colocando a integridade física e a vida das pessoas em risco. A brincadeira de alguns pode ser a tristeza de muitos. Entre os inúmeros contratempos que representam, os balões podem ainda oferecer sérios riscos à aviação, principalmente, às pequenas aeronaves. Soltar Balões Agora é Crime! Atenção: A maior causa de queimaduras hoje, no País, é por líquidos superaquecidos (60%) e 30% delas com álcool. Para maior prevenção, foram definidos dez mandamentos básicos para evitar acidentes: 1. tire a criança da cozinha 2. não a deixe brincar com fogo 3. mantenha a cozinha arejada 4. muito cuidado com panelas e líquidos superaquecidos 5. respeite combustíveis, principalmente o álcool 6. não construa fogueiras grandes 7. afaste-se de fios elétricos em vias públicas ou no campo 8. não fume perto de postos de combustível ou na cama 9. cuidado com velas, candeeiros ou similares 10. se o fogo pegar na roupa, não corra, pois o ar ativa a expansão da chama. Pare, deite, cubra os olhos e role no chão até apagar Fonte: http://www.ambientebrasil.com.br/

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.