O Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) fiscalizou o Hospital Municipal Alfredo de Almeida Ferreira, em Alhandra, a 45 km de João Pessoa, no dia 10 de junho. Na ocasião, foram constatadas irregularidades como: falta de algumas medicações de urgência, de solução fisiológica, de seringas de 10ml e de outros insumos que comprometem a assistência médica; infiltração e mofo na sala de classificação de risco e na sala vermelha; falta de mesa ginecológica e equipamentos para assistência ao parto; o hospital continua sem disponibilizar exames de radiografia e não há garantia de realização em rede referenciada.

Além disso, o CRM-PB constatou que há pacientes em regime de internação nos leitos de observação do pronto-atendimento pela indisponibilidade de leitos hospitalares no próprio hospital ou na rede. Há diversos registros em prontuários médicos solicitando vagas de leitos hospitalares e serviços especializados. O relatório do CRM-PB foi entregue ao gestor municipal para providências e ao Ministério Público para acompanhamento.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.