O Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) fiscalizou o Complexo de Pediatria Arlinda Marques, em João Pessoa, no dia 18 de março. Não foi constatada superlotação na sala de espera do pronto-atendimento e não havia nenhum paciente aguardando para atendimento nos consultórios. Também foi observado que o hospital possui Equipamentos de Proteção Individual (EPI) em conformidade, assim como medicamentos e demais equipamentos.

 

A equipe de fiscalização também constatou que há médicos no Núcleo Interno de Regulação (NIR), no Pronto Atendimento e nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). As escalas médicas das UTIs, da área C e da cirurgia pediátrica possuem o número mínimo de médicos em conformidade, no entanto, não foram enviadas as escalas da pediatria.

 

Como irregularidade, foi constatada a falta de alguns itens no consultório da pediatria, mas que não comprometem o atendimento. O relatório do CRM-PB foi enviado à Direção Técnica do hospital para conhecimento e providências necessárias.

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.