uticovid2022Diante do rápido crescimento do número de casos, óbitos e internações de pacientes com covid-19, o Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) solicitou que os gestores da saúde apresentem planos de expansão de leitos e de contratação de recursos humanos, principalmente médicos. Conforme levantamento do CRM-PB, a partir de dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES), foi verificado que entre os dias 1º e 31 de janeiro, o número de pacientes internados nos hospitais públicos referência para covid no estado cresceu mais de quatro vezes, passando de 76 para 314.

O levantamento do CRM-PB também revela que, enquanto em dezembro de 2021, o estado registrou 3.426 novos casos de covid, em janeiro de 2022, esse número foi dez vezes maior: 34.412 novos casos. A quantidade de óbitos de janeiro deste ano foi quase o dobro do mês anterior: 64 mortes por covid em dezembro de 2021 e 119 em janeiro de 2022.

“A Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus do CRM-PB vem se reunindo para discutir esse aumento de casos e de internações em leitos de enfermaria e UTIs nos hospitais de todo o Estado. Queremos acompanhar as estratégias dos gestores de saúde e dos diretores dos hospitais para atender a esta crescente demanda. Já solicitamos que sejam apresentados os planos de expansão de leitos e de contratação de recursos humanos”, afirmou o presidente do CRM-PB, João Modesto Filho.

O CRM-PB alerta a população e gestores que é necessário cumprir as medidas sanitárias para diminuir a transmissão do novo coronavírus no estado. “A variante ômicron tem uma transmissibilidade maior e mais rápida. Temos que continuar seguindo as medidas de proteção, como fazíamos no ano passado, usando máscaras corretamente, higienizando as mãos e, principalmente, não participando de aglomerações. Os médicos, assim como os demais profissionais de saúde também estão adoecendo e estão exaustos. É preciso a colaboração de todos”, ressaltou o presidente do CRM-PB.

Desde o início da pandemia o CRM-PB tem promovido capacitações para os médicos, realizado visitas às unidades de saúde de todo o estado, monitorado os casos de covid-19, apresentado soluções aos gestores e orientado a população. “Estamos mais uma vez em um momento crítico e precisamos do apoio e colaboração dos gestores para garantir condições dignas de trabalho e um bom atendimento à população”, completou o diretor de fiscalização e membro da Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus do CRM-PB, Bruno Leandro de Souza.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.