O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) capacitou 80 médicos de João Pessoa que estão atuando nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) dos hospitais referência no tratamento de pacientes com covid-19. O curso gratuito foi realizado nos dias 26 e 27 de maio, na sede do CRM-PB e teve como temas intubação, manejo de vias aéreas, ventilação mecânica protetora e interpretação de gasometria. A previsão é que até o final do mês novas turmas sejam abertas em Campina Grande, no Sertão e novamente na Capital.⠀

O presidente do CRM-PB e coordenador da Educação Médica Continuada do Conselho, João Modesto Filho, ressaltou que com o grave momento da pandemia e vários médicos atuando em UTIs, houve a necessidade de capacitar os profissionais da linha de frente. “O CRM tem também o papel de capacitar os médicos, por isso temos um programa de educação médica continuada permanente. Este curso de intubação aborda tanto a parte teórica, como prática”, afirmou João Modesto.⠀

O curso tem a coordenação do segundo secretário do CRM-PB, Walter Azevedo, e foi ministrado pelos médicos Humberto Arcoverde, Homero Max, Igor Carvalho, Edvan Benevides Júnior e Paulo Tarcísio Neto. “Seguimos todos os protocolos sanitários, com distanciamento, uso de máscara e higienização constante das mãos. Separamos os alunos em quatro turmas distintas para não haver aglomeração, mesmo realizando o treinamento em nosso auditório que tem capacidade para 200 pessoas”, explicou Walter Azevedo.⠀

João Modesto acrescentou que, em maio do ano passado, o CRM-PB capacitou mais de 200 médicos com este treinamento sobre intubação. Além disso, o Conselho promoveu palestras e atualizações científicas, reuniões com diretores de hospitais, clínicas e gestores públicos. O CRM-PB vem também realizando visitas em fiscalizações em diversas unidades de saúde em todas as regiões do estado.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.